Tanzânia

O destino

Tanzânia


A Tanzânia foi uma colônia alemã entre 1880 e 1919. Foi colônia britânica entre 1919 e 1961. Pouco depois da sua independência, o Tanganhica e Zanzibar fundiram-se para criar a nação da Tanzânia, em 26 de Abril de 1964.

A nação da Tanzânia conserva ainda boa parte de seu território em estado puro. Natureza virgem povoada de uma flora exuberante e exótica junto a uma fauna maravilhosa que durante a época de migração oferece um dos espetáculos mais impressionantes do mundo onde milhes de animais das mais variadas espécies estão em movimento. Observando este processo, imperturbável e majestoso, se levanta silenciosamente a montanha sagrada, o Kilimanjaro, o maciço montanhoso mais alto do continente africano.

Se a Tanzânia continental é maravilhosa não são menos suas ilhas. O primeiro que se percebe ao chegar a Zanzíbar é o aroma a especiarias que envolve todo o ambiente deste paraíso, acentuando a sensação de haver entrado em umlugar mágico. Praias de areias brancas, mar cor turquesa, cidades e povos que misturam os costumes africanos, árabes, européias e hindus. A tudo isto some a simpatia e a amabilidade de um povo, o tanzaniano, que recebe da melhor maneira seus visitantes. Deixe-se levar pela magia da vida tanzaniana.

A riqueza da fauna: Um dos maiores atrativos do país é sua fauna. A migração dos gnus, em julho e agosto, oferece um dos espetáculos mais fascinantes que a natureza pode oferecer. Más não ficam atrás os magníficos elefantes destroçando a cortiça das árvores, o banho de barro dos hipopótamos, os impressionantes rinocerontes, as pitorescas zebras, topis, babuínos, girafas, ferozes javalis, calais, crocodilos, lagartos, impalas, míticos búfalos, ágeis gazelas, alces africanos e, sobretudo, "simba", o rei da selva. Observar e contemplar a vida dos leões é uma experiência que não se esquece facilmente. Ver como as fêmeas caçam, como os machos defendem o território, como os filhotes brincam com seus pais, como devoram suas presas e escutar seus rugidos de perto é uma experiência extraordinária. Acrescente o fato de que a Tanzânia é um dos poucos lugares onde ainda existem os míticos leões de pêlos cor azeviche.

Valem especial menção os chimpanzés do Lago Tanganica e os macacos azuis do Lago Manyara.

Zona de Conservação de Ngotongoro: é um cratera vulcânica de vinte quilômetros de diâmetro situado a 2.286 metros de altitude e com um fundo de 610 metros. A vegetação existente é selva tropical e matos no fundo da caldeira.

Este entorno contém uma grande variedade de fauna como dik-diks, elefantes, gnus, zebras, gazelas, búfalos, rinocerontes, leões de juba negra, pelicanos, hienas manchadas, hipopótamos, avestruzes, garçotas, pássaros segredário e grous coroadas.

 

 


Parques naturais preservados: A Tanzânia possui diversos locais preservados, como o Parque Nacional do Cráter Ngurdoto Arusha, o Parque Nacional do Lago Manyara e o Parque Nacional do Kilimanjaro, entre muitos outros.

Gastronomia da Tanzânia: se caracteriza pela preferência da carne no interior e o peixe nas zonas costeiras. A preparação dos pratos não é muito elaborada mas o frescor das matérias primas é surpreendente.

Na Tanzânia utiliza-se muito a pimenta quando ainda é fresca, os grãos são vermelhos e ao secar-se dão a pimenta branca que conhecemos. Um prato típico é a Torta de Pimenta cujos ingredientes são carne de vitela picada, cebola, azeite de oliva, manteiga, noz moscada, cúrcuma e pimenta de três tipos, verde, de cayena e negra. É algo explosivo mas muito saboroso.

Curiosidade: na Tanzânia não há queijo.

Entretenimento na Tanzânia: não faltam opções para ocupar o tempo livre. Se você gosta de pescar, encontrou o país ideal. Pode-se praticar no Oceano Indico (a bordo de barcos de pesca tradicionais ou em iates alugados) ou nos rios e lagos do país. Aliás, na Tanzânia pode-se praticar qualquer tipo de esporte náutico como windsurf, mergulho, pesca submarina, etc.

A caça está proibida a menos que se realize através de empresas especializadas que contam com a permissão necessária. Se você se conforma com disparar sua câmara fotográfica, encontrará safaris desenhados especialmente para este fim.

A escalada do Kilimanjaro é outra das atividades favoritas para os amantes deste esporte mas se deve tomar serias precauções antes de empreender a subida. Pode-se subir em qualquer época do ano embora não seja aconselhável faze-lo em abril e maio, devido às chuvas. A subida pode durar entre seis e sete dias (esta é a montanha mais alta e famosa de toda África). Na população de Marangu que se encontra próxima pode-se adquirir todo o necessário, comida, equipamento, carregadores e também alugar o direito de alojamento nos refúgios.

Gosta de Golf? O país tem três campos de golf, situados em Arusha (nove buracos), Moshi (nove buracos) e Dar es Salaam (18 buracos).

Nas principais cidades também não faltam lugares de diversão como cafés, bares, discotecas, normalmente situadas nos hotéis. Não deixe de apreciar uma das diversas apresentações de danças tribais da Tanzânia.

Boa viagem. A diversão é garantida na Tanzânia!